24/10/2020 - 19:24

Treze perde para o Paysandu e volta a cair na classificação da Série C



Treze e Paysandu abriram a décima segunda rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro se enfrentando no estádio Amigão, em Campina Grande, na tarde deste sábado (24). Com um gol relâmpago, o Papão da Curuzu venceu por 1 a 0, resultado que fez as equipes trocarem de posição na tabela, e o alvinegro paraibano ficou apenas uma colocação acima da zona de rebaixamento.

Antes mesmo do primeiro minuto o Galo da Borborema deixou sua missão em busca da vitória mais difícil. Wellington Reis recebeu na área, driblou Andrey e empurrou para as redes para abrir o marcador para o Papão da Curuzu.

A resposta alvinegra veio aos 2 minutos. Em cobrança de escanteio da direita, feita por Gustavo, a bola foi direta para o gol e o goleiro Paulo Ricardo se embananou todo, mas conseguiu afastar o perigo após ela ainda bater no travessão.

O Treze buscava o empate e frequentava constantemente a intermediária da equipe paraense, mas só dava trabalho ao arqueiro adversário em cruzamentos na área, especialmente nas cobranças de escanteio, com Gustavo e Douglas Lima sempre batendo fechado e causando perigo.

A correria inicial do jogo foi aos poucos diminuindo e, na reta final do primeiro tempo, era visível a queda física dos dois times.

Segundo tempo

Se no início da primeira etapa a situação se complicou para o Galo, logo nos primeiros da segunda ainda piorou. Maycon Lucas, que fazia seu primeiro jogo como titular, recebeu o segundo amarelo após falta em Nícolas e acabou indo para o chuveiro mais cedo.

O Papão, se aproveitando da vantagem numérica, chegou a balançar as redes aos 4 minutos, com Nícolas, mas a arbitragem apontou irregularidade no lance, marcando saída de bola pela linha de fundo.

Aos 20, a igualdade voltou a aparecer entre o número de jogadores dos dois times. O meio-campista PH fez falta dura em Douglas Packer e também foi para a rua ao receber o segundo cartão amarelo.

Com dificuldades na criação, o Treze se apresentou pela primeira vez após o intervalo aos 22 minutos, quando Gustavo cruzou da direita, Gilvan se antecipou a defesa e desviou, mas a bola foi a esquerda da meta do goleiro Paulo Ricardo.

Nova chegada alvinegra aconteceu aos 30, quando Douglas Packer finalizou da grande área e a zaga afastou praticamente em cima da linha, mandando pela linha de fundo. Dois minutos mais tarde foi a vez de Cláudio Murici bater da meia esquerda. A pelota desviou no meio de caminho, Ermínio quase chegou para completar, mas o arqueiro paranese estava atento e conseguiu fazer a defesa.

Em escanteio cobrado aos 38, Robson cabeceou para trás e acertou o travessão de Andrey, quase marcando contra o próprio patrimônio.

Já próximo do fim da partida, Andrey salvou o Treze duas vezes no mesmo lance. Aos 49, após cruzamento da esquerda, a bola chegou livre para Diego Matos, quase na pequena área, mas o goleiro alvinegro se agigantou e fez a defesa. Na sobra, a pelota que ainda bateu no travessão, sobrou novamente para o atacante do Papão, que tentou uma bicicleta, mas o arqueiro novamente impediu o gol.

No lance seguinte, Frontini foi lançado e apareceu livre dentro da área, mas desta vez foi Paulo Ricardo que fechou o ângulo e mandou pela linha de fundo.

Com a derrota, o Treze fica com 13 pontos, e cai para a oitava posição da chave. O Paysandu, por sua vez, chega aos 15 pontos e sobe para a sétima colocação. Na próxima rodada o Galo visita o Ferroviário-CE no domingo (01), enquanto o Papão, no sábado (31), recebe o Manaus.

Ficha técnica

Treze 0 x 1 Paysandu

Campeonato Brasileiro da Série C 2020
Grupo A – 12ª rodada
Estádio: Amigão (Campina Grande)

Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa; Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva, todos do Piauí.

Gols: Wellington Reis (P)
Cartões amarelos: Gilmar, Douglas Lima, Maycon Lucas, Alexandre Santana (T); Micael, Leandro Niehues (treinador), PH, Bruno Colaço (P)
Cartões vermelhos: Maycon Lucas (T); PH (P)

Treze: Andrey, Gustavo, Ítalo, Nilson Júnior, Gilmar; Robson, Maycon Lucas, Douglas Packer (Alexandre Santana); Júnior Fialho (Ermínio), Douglas Lima (Cláudio Murici) e Gilvan (Frontini). Técnico: Márcio Fernandes.

Paysanydu: Paulo Ricardo, Tony, Micael (Wesley Matos), Perema, Bruno Collaço; Wellington Reis, Uchôa (Alan Calbergue) e PH; Uilliam Barros (Luís Felipe), Vinícius Leite (Elielton) e Nícolas (Diego Matos). Técnico: Leandro Niehues.

Voz da Torcida