19/02/2020 - 06:39

Thiago Lucena renuncia verba indenizatória criada pela Câmara Municipal no final de 2019



O vereador de João Pessoa Thiago Lucena (PMN) abriu mão da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (Viap) no valor de R$ 7 mil, que foi aprovada no final do ano passo pelo legislativo municipal. O parlamentar, que votou contra a matéria, encaminhou memorando ao Controle Interno, nesta terça-feira (18), informando a decisão.
Thiago defende a redução da máquina pública e corte de benefícios. Ele não utiliza o celular institucional e implementou cortes de custos dentro no seu gabinete, como redução de utilização de papel e troca das lâmpadas convencionais pelas de led. A criação da Viap trará um custo anual de R$ 2.268.000,00 aos cofres públicos, caso seja usado por todos os vereadores.
“Vivemos um momento de crise e não acho correto acarretar mais gastos ao bolso do contribuinte. Precisamos diminuir o custo da máquina pública e todas as regalias que os integrantes dos três poderes têm. É possível ser eficiente, realizar um trabalho de qualidade, dar retorno à população gastando menos”, disse