07/02/2019 - 16:56

Procurador-geral de Justiça elogia ampliação das medidas de transparência pela Assembleia



O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Adriano Galdino, recebeu a visita do procurador-geral de Justiça do estado, Francisco Seráphico da Nóbrega, nesta quinta-feira (7). Na oportunidade, o chefe do Legislativo estadual informou ao Ministério Público da Paraíba (MPPB) que a gestão da nova Mesa Diretora da Casa terá como prioridade a adoção de medidas de transparência.
Adriano Galdino agradeceu a visita de cortesia do Ministério Público e destacou a importância da instituição para a sociedade paraibana. “O Ministério Público da Paraíba é um órgão muito respeitado, com grandes serviços prestados, e hoje está representado pelo procurador Francisco Seráphico da Nóbrega”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa. “A Assembleia será parceira do Ministério Público nas suas lutas, sempre em busca de melhores condições de vida para a população paraibana”, acrescentou.
O presidente destacou que o Ministério Público será um parceiro importante durante a nova gestão da Mesa Diretora da Assembleia, que terá a transparência pública como prioridade em suas ações. “Estaremos dialogando constantemente para fazer uma gestão transparente, para que as pessoas possam acompanhar todos os atos desta Casa. Vamos deixar a Assembleia mais próxima da população”, ressaltou.
O procurador-geral, Francisco Seráphico, também destacou a importância da visita para a manutenção da harmonia entre os órgãos. “A Assembleia sempre tem sido parceira do Ministério Público, sobretudo nos projetos de alteração que objetivam atender melhor à sociedade”, disse, parabenizando a nova Mesa Diretora por adotar a transparência como prioridade. “A transparência tem um relevo importantíssimo, sobretudo nos dias atuais, e o Ministério Público vem parabenizar a Assembleia por essa importante iniciativa no reforço à transparência”, completou.
Participaram também da visita de cortesia o deputado João Bosco Carneiro, 2º secretário da Mesa Diretora da ALPB, e o coordenador do Centro Operacional do Patrimônio Público, promotor Leonardo Quintans.