12/05/2019 - 11:15

Presidente da AMPB admite fechamento de comarcas na PB



A presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, Maria Aparecida Sarmento Gadelha, admitiu o fechamento de algumas comarcas no estado da Paraíba, caso o Tribunal de Justiça do Estado (TJPB) não realize concurso público para suprir o déficit de juizes.
Segundo a presidente, na Paraíba existe uma necessidade de se contratar mais 48 magistrados. Ela informou que é impossível permanecer com o atual número de comarcos com um quadro de pessoal tão resumido e uma demanda tão elevada.
A magistrada revelou que cerca de 72 municípios paraibanos estão sendo prejudicados por conta da carência de juízes que vem sobrecarregando os que estão no exercício das funções porque estão tendo que atuar em mais de uma comarca prejudicando a qualidade da assistência.
Maria Aparecida contou que as regiões mais afetadas são o Sertão e do Brejo do estado. Ela contou, ainda, que a Associação já comunicou ao Tribunal a real situação, mas foi informada que, em virtude do orçamento ser curto, não tem nenhuma para a realização de um concurso para solucionar o problema.