17/05/2019 - 10:44

Poeta, cantor e compositor Niedson Lua é homenageado pela Câmara da Capital



Um artista diferenciado, que faz composições falando de amor, da cultura nordestina, das belezas do sertão e da vida do homem do campo; que tem o dom de transformar a música em poesia e de emocionar. É assim que as pessoas que acompanham o trabalho do poeta, cantador e compositor José Niedson Fonseca da Silva, mais conhecido no cenário artístico como Niedson Lua, o definem. A obra do artista foi reconhecida durante sessão solene realizda na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), ontem (16).
 
Natural da cidade de Picuí, Niedson Lua recebeu o Título de Cidadão Pessoense, proposto pelo vereador João Almeida (Solidariedade), devido aos relevantes serviços prestados à cultura local e também pelo trabalho social realizado em benefício das pessoas mais carentes do Estado. O artista é considerado, pela crítica, como um dos mais respeitados músicos da Paraíba e do Brasil. Tem dois CDs e vários DVDs gravados, dois deles de autoria própria.
Considerada uma de suas mais belas canções, “Na Mão da Vida”, que se propõe a homenagear os nordestinos, é tocada, atualmente, em aproximadamente 50 rádios do Sudeste. O artista ganhou reconhecimento ao obter o 1º lugar no Forró Feste 2007, com essa canção, recebendo o prêmio de melhor intérprete e melhor música.
Apesar de reunir milhares de fãs por onde passa, ele não esconde sua paixão pelas cidades de João Pessoa e Campina Grande, onde também já foi homenageado. “Moro em Campina Grande há 18 anos, mas estou sempre em João Pessoa, fazendo shows e trabalhos sociais, como o que vai acontecer sábado, a partir das 16h, no Jampa Ville, no Altiplano”, comentou Niedson. O evento social servirá para arrecadar alimentos que serão doados a instituições de caridade.
Niedson Lua fez questão de destacar que já está na estrada há 18 anos: “compondo, tocando e cantando canções que falam de amor, de sentimento, da fé em Deus e da admiração pelas coisas da terra”.
Durante seu pronunciamento, o vereador João Almeida ressaltou que a Câmara fez uma homenagem justa e merecida a um artista que, de acordo com ele, eleva com grandeza o nome da Capital e do Estado na área cultural. “Temos a obrigação e o dever, como formadores de opinião, de valorizar artistas com esse perfil. Apoiando e reconhecendo a boa música de Niedson Lua nós estamos, ao mesmo tempo, evitando que letras que fazem apologia às drogas, à prostituição e à violência ganhem mais espaço na mídia e na vida das pessoas”, alertou o parlamentar.
João Almeida afirmou que o artista traz na veia o amor pela cultura nordestina, e que suas canções são transformadas em belas poesias. “Indiscutivelmente, a cidade de João Pessoa ganha hoje um grande filho”, declarou.
Além de João Almeida e do homenageado, compuseram a mesa da sessão o vereador Milanez Neto (PTB), líder da bancada de situação na CMJP; o juiz Onaldo Queiroga; o secretário adjunto de administração do Município, Eduardo Pedrosa; e o vereador campinense Antônio Pimentel (PSD). No final da sessão, Niedson Lua, que estava acompanhado de sua esposa, Tayse Alves, cantou e tocou a música “Sertão de Amor e Fé”. O homenageado é pai de Maria Clara e Nara Lua.