13/03/2020 - 21:43

Pioneirismo: Cabedelo realizou I Encontro de Guardas Femininas do Estado da Paraíba



A Prefeitura de Cabedelo, por meio da Secretaria Municipal de Segurança, realizou, nesta sexta-feira (13), o I Encontro de Guardas Femininas do Estado da Paraíba. O evento acontece em meio às comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher – 8 de março, e teve como objetivo discutir questões relativas à condição feminina na sociedade atual e sua importância no quadro das forças de segurança pública.


O encontro, que aconteceu no Auditório Executivo do Centro Universitário Uniesp, reuniu representações femininas das Guardas Municipais de cidades paraibanas e de estados vizinhos. Além das Guardas femininas locais, participaram comandantes e representantes de dos municípios de João Pessoa, Bayeux, Mamanguape, Soledade, Campina Grande, Areial; São Gonçalo do Amarante, Bento Fernandes, Poço Branco e Natal, do Rio Grande do Norte e Altinho, de Pernambuco.


“O evento tem o aval da Conferência Nacional, que está fornecendo os certificados, e interiormente voltado para o público feminino, as Gfems, lotadas na força de segurança municipal. Estamos consolidando uma ação pensada desde dezembro com intuito de engrandecer o público feminino e destacar a importância, a essencialidade delas na segurança pública. Um encontro que superou, inclusive, as barreiras da nossa Paraíba. A Guarda conta atualmente com um efetivo feminino de 65 agentes no quadro e a instituição incentiva a capacitação e o empoderamento delas”, declarou o secretário da Segurança municipal e comandante da Guarda Metropolitana, Isaías Vieira dos Santos.


Programação – A programação do evento foi pontuada por discussões sobre a violência contra a mulher no âmbito policial e jurídico e, também questões relativas à alimentação. Na primeira exposição, a temática “Violência doméstica e ação conjunta da Polícia Civil e da Guarda Municipal”, foi desenvolvida pela chefe de investigação da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), Vanessa Karina; na segunda, a subinspetora e coordenadora operacional da Ronda Maria da Penha, da GCM/João Pessoa, Lindinalva Pereira, tratou do tema “Operacionalização da Ronda Maria da Penha”.


O ciclo de palestras prosseguiu com a exposição da Juíza Titular do Juizado de Violência Doméstica e Família contra a Mulher, Rita de Cassia Martins, com o tema “Medidas protetivas da mulher vítima de violência: aplicação e fiscalização de seu cumprimento”. Finalizando, a nutricionista, especialista em planejamento e gestão em Unidades de Alimentação e Nutrição, Ana Paula Leal, discorreu sobre o tema “Alimentação saudável da mulher”.


O período da tarde foi reservado para apresentação de propostas e demandas de sucesso, aprovação de encaminhamentos, sorteio de brindes e homenagens.


“Trata-se de uma oportunidade única, muito importante para reforçar os vínculos entre as agentes femininas de diferentes estados e localidades. É a troca de experiências vivenciadas no dia a dia, a partilha de problemas parecidos no exercício das funções e afinidades, bem como uma mostra do empoderamento da mulher nas formas de segurança pública para que possamos conquistar mais espaço.


A inserção da mulher e a participação em diversos setores é um grande marco na história da guarda municipal. Estamos mostrando cada vez mais a valorização e o trabalho das Gfems, com destaque nas ações preventivas, táticas e operacionais”, comentou a inspetora geral da GM, Gilma Menezes.


NamidiaPB