18/05/2019 - 18:39

Nutricionista apresenta cinco passos para introdução alimentar dar certo



Ao completar seis meses de aleitamento materno chega a hora de apresentar novos sabores ao bebê. Em muitos casos, esse não é um processo nada fácil! Mas, que em todos os eles, exige muito cuidado, persistência e paciência por parte dos pais e cuidadores da criança. Isso porque o bebê ainda não está com o paladar adaptado para essa nova experiência. Porém, para ajudar mamães que estão iniciando o processo de Introdução Alimentar (IA), a nutricionista materno infantil do Hapvida, em João Pessoa, Jéssica Rodrigues, apresenta cinco passos que podem fazer com que a IA seja bem-sucedida.
Confira abaixo:
1. O bebê nasce com a autorregulação, só come o quanto precisa. Então diminua as suas expectativas e o pratinho do bebê, pois o estômago dele é pequeno e o leite materno e/ou a fórmula ainda é o principal alimento;
2. Ofereça comidas feitas em casa com base em alimentos in natura, que são aqueles que vêm da natureza, preparados com ingredientes culinários como azeite, manteiga, temperos secos. Nada de comidas de fábricas e ultra processados;
3. Não force o bebê a comer e também não o engane, não chantageie e não barganhe, não o distraia com telas, pois o ato de comer requer atenção e deve ser um momento que promova alegria e prazer;
4. Evite misturar os alimentos. Além disso, quando servidos separadamente o bebê consegue identificar melhor cada alimento que está sendo ofertado;
5. Mastigar e engolir é apenas um aspecto de refeição, criar um bom clima de conversa e conexão é essencial para que o bebê goste de ficar na mesa com os pais e/ou cuidadores. Tire pelo menos uma refeição para fazer com seu filho, caso não seja possível sentar em todos os momentos da alimentação com ele.