31/12/2018 - 16:10

Novo boicote de aliados de Vitor Hugo impede eleição para Mesa da Câmara de Cabedelo



Mais uma vez, diante de um novo boicote da bancada de vereadores aliados ao prefeito interino Vitor Hugo, a sessão extraordinária convocada pela Mesa Diretora da Câmara de Cabedelo para esta segunda-feira (31), último dia do ano, foi encerrada na Casa sem que a votação pudesse ser realizada. Uma nova sessão foi marcada para amanhã (1º), às 14h.
O vereador José Eudes denunciou que recebeu informações de que o prefeito pretende invadir a sede da Câmara amanhã. Ele chamou Vitor Hugo de covarde.
Todo o processo relativo a eleição, ressaltou o vereador Janderson Brito, está sendo respeitado pela Casa. “Estamos respeitando o que a Justiça liberou. O edital do chamamento foi feito de forma transparente, respeitando o Regimento da Casa e a Lei Orgânica”, frisou Janderson.
A sessão extraordinária foi convocada pela Mesa Diretora para a eleição de preeenchimento das vagas de presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretário da Casa Legislativa. A medida foi tomada porque os quatro eleitos para os cargos foram presos no ano passado, depois de serem eleitos antecipadamente.
Como aconteceu nas últimas sessões, os vereadores aliados do prefeito Vítor Hugo não compareceram aos trabalhos da Câmara, impedindo a votação, já que não foi formado o quórum suficiente.
Populares lotaram a galeria da Câmara para acompanhar a sessão e gritavam palavras de ordem como “fora Vitor Hugo”.