23/08/2020 - 10:51

‘Mulheres em Espaço de Poder: Avanços e Desafios’ será tema de webinar dia 31



Um webinar a ser realizado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba discutirá o tema ‘Mulheres em Espaço de Poder: Avanços e Desafios’. O debate será realizado por mulheres ocupantes de cargos do Judiciário estadual paraibano, Ministério Público estadual, Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), Poderes Executivo e Legislativo. O evento ocorrerá no dia 31 de agosto, às 19h e será transmitido pelo canal do TJPB na Plataforma YouTube.

A mediação do debate será feita pela desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti, do TJPB. “Os desafios passam por dois polos: primeiramente, a mulher precisa ousar. Ocupar espaços. Não perder as oportunidades. Administrar o tempo e os sonhos rumo ao empoderamento. Segundo, as mulheres precisam se irmanar. Isso significa que devemos ser solidárias, com apoios mútuos na valorização de cada uma e de todas. Sermos solitárias no poder, nas instituições, no labor, culmina com a perda do empoderamento feminino”, declarou.

Uma das idealizadoras do evento é a juíza titular da Vara de Entorpecentes da Capital, Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, que também é juíza membro e ouvidora do Tribunal Regional da Paraíba (TRE/PB). A magistrada também integra a Comissão de Segurança, tanto do TJPB quanto do TRE-PB. É gestora do Projeto Acesso Seguro do TJPB e integrante da Diretoria Legislativa da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB).

“A presença feminina ainda é rarefeita nas esferas de poder. Devemos compreender que estamos vivendo um processo contínuo de inserção e as mudanças que ele traz são relativamente recentes. A ampliação da presença (e não, participação) das mulheres nesses nichos de poder e comando depende, em muito, das mudanças nas relações familiares e conjugais. Há mulheres que mantêm sozinhas suas famílias; há outras que se desdobram para compatibilizar as tarefas privadas e o lado profissional, no que normalmente se sobressaem. Vamos debater todas essas questões no nosso evento”, refletiu a magistrada.

Também à frente da iniciativa, a coordenadora da Mulher em Situação de Violência do TJPB e juíza auxiliar da 1ª Vara de Cabedelo, Graziela Queiroga Gadelha, afirmou se tratar de um tema salutar que, cada vez mais, vem tomando espaço nas discussões em todo o mundo. Segundo a magistrada, embora haja muitos avanços conquistados pelas mulheres em suas carreiras, ainda há dificuldades em relação à ocupação de cargos que demandam gerência e gestão.

“Queremos falar de uma forma positiva, apontando sugestões para a construção deste caminho. O evento vem trazer a reflexão sobre este tema, jogar luz sobre o assunto para que estejamos atentas a isso, o que já é um primeiro passo e também é conquista”, disse. 

A juíza expôs, ainda, que haverá o compartilhamento de experiências de mulheres de diferentes órgãos, expondo dificuldades, desafios e estratégias. “Vamos ouvir os desafios de cada uma dentro das instituições que integram, o que auxiliará na construção de alternativas para que possamos, nessa busca de igualdade, ocupar merecidamente, pela nossa competência e profissionalismo, espaços que não devem ser exclusivos de homens, mas de quem possuir a capacidade para exercer aquelas funções, o que inclui as mulheres”, afirmou.

Também representando o Judiciário estadual paraibano, participarão do evento a desembargadora Maria das Graças Morais Guedes e a juíza-corregedora Silmary Alves. Os nomes das demais participantes do encontro serão divulgados na próxima semana.

ASCOM TJPB