14/09/2020 - 18:35

MPPB, Centro de Cultura, Secretaria de Educação e empresas parceiras promovem concurso de redação



O Ministério Público da Paraíba se uniu ao Zarinha Centro de Cultura, à Secretaria de Estado da Educação, da Ciência e Tecnologia e a empresas parceiras na Campanha “Juntos pela Educação” com vistas à promoção de um concurso de redação para estimular a qualificação de alunos do ensino médio matriculados na rede pública de ensino. Os interessados devem produzir um texto dissertativo com o tema “Na Escola, com respeito: combate à violência e indisciplina nas instituições de ensino”. As redações devem ser enviadas pelos professores responsáveis pelas turmas das 8h desta quarta-feira (16/09) até às 20h da quinta-feira (17).  Após, uma prova de gramática, os estudantes com as 100 melhores notas concorrerão a bolsas para um curso completo de português.

De acordo com a coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Criança e do Adolescente e da Educação, a promotora de Justiça Juliana Couto, a iniciativa é muito importante com vistas a reduzir o fosso da desigualdade social e educacional entre estudantes da rede pública, que foi majorado pela crise de saúde pública vivenciada nesta pandemia. Esta semana, o CAO enviou ofício aos promotores que atuam na área da educação, solicitando que abracem a iniciativa, divulgando e fomentando para a sensibilização dos estudantes e a participação deles no concurso.

“A iniciativa persegue o alcance de uma educação pública conscientizadora e emancipatória, com estímulo ao protagonismo de estudantes na busca por qualificação e ao desenvolvimento da consciência em torno dos deveres sociais, primando pela qualidade do ensino e pelo preparo de alunos para o exercício da cidadania. A atividade provocará o debate e a conscientização dos estudantes sobre a importância do cultivo da cultura de paz no ambiente escolar, propiciando a aplicação de práticas restaurativas, projetadas por força do projeto do Ministério Público”, destacou a promotora.

O concurso
O concurso será realizado em duas etapas. A primeira consiste na avaliação da redação, que deve ser enviada pelo professor, com todos os dados solicitados, através da plataforma Google Forms. A partir daí, serão selecionados 200 estudantes que participarão da segunda etapa, uma prova de gramática a ser realizada online. Os selecionados estudarão, durante um ano, no tradicional Curso Completo de Português, da professora Zarinha, na modalidade a distância.

“Neste momento desafiador, em que uma crise de saúde pública agrava a desigualdade social e educacional, não podemos ser insensíveis à realidade. Contamos com o empenho dos professores, dos estudantes e das empresas ‘amigas do estudante’”, ressalta publicação do Centro de Cultura.

O projeto do MPPB
O Projeto Na Escola, com Respeito, desenvolvido pelo MPPB, foi elaborado a partir demandas formais e da escuta informal de um repertório de queixas e narrativas, principalmente de alunos, professores, gestores e técnicos de escolas, sobre os problemas de indisciplina e atos infracionais ocorridos na escola e contra a escola. A iniciativa propõe a implantação das práticas de resolução consensual de conflitos nas escolas como estratégia de mudança de paradigma, garantindo a observância dos direitos, promovendo igualdades e educando para relações pacíficas.


Assessoria