01/12/2019 - 13:20

“Minha responsabilidade aumenta com a cidadania pessoense”, afirma Dom Delson



“A minha responsabilidade aumenta com essa cidadania pessoense. Se como pastor e arcebispo eu tinha muita responsabilidade, imagine agora”. Foi o que declarou o arcebispo da Arquidiocese da Paraíba, Dom Frei Manoel Delson, durante discurso proferido na sessão solene que lhe concedeu o Título de Cidadão Pessoense. A homenagem, proposta pelo vereador Carlão (DC), ocorreu na tarde desta sexta-feira (29), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).
Dom Delson nasceu na cidade de Biritinga, no Estado da Bahia, sendo o décimo filho, dos doze, do casal de agricultores Luzia e Pedro. O religioso pertence à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos e foi nomeado arcebispo da Arquidiocese da Paraíba no dia 8 de março de 2017. “Estou com uma alegria incontida por receber esse reconhecimento como cidadão pessoense”, comemorou o arcebispo.
Ele lembrou que chegou aqui como um irmão, para abraçar e ouvir outros irmãos. “Nesses anos, eu tenho procurado fazer valer meu lema episcopal: procurar ser o irmão de todos. Essa é a característica de um franciscano. A vontade do Pai é que a gente trate todos como irmãos”, comentou Dom Delson. Segundo ele, João Pessoa é uma cidade acolhedora, com um povo alegre, que sabe receber e tratar bem as pessoas.
O vereador Carlão declarou que a cidade de Biritinga está compartilhando com João Pessoa, nesta data, a adoção do seu filho mais ilustre. “Os desígnios de Deus são insondáveis! Por isso, além da benevolência divina de tê-lo nos dado como irmão em Cristo, Ele nos concedeu, por sua grande misericórdia, a graça de tê-lo como irmão conterrâneo”, destacou.
Para o parlamentar, a homenagem é uma simples recompensa a Dom Delson por tudo o que ele tem sido para o povo de Deus. “Nenhum título, nenhuma honraria é maior do que o dom que o senhor recebeu como pronome, condão esse que lhe torna, por inclinação natural, cidadão do céu e da terra”, observou Carlão, acrescentando que, com seus confrades da Ordem dos Capuchinos, o arcebispo sempre procurou progredir em perfeição, exercitando o amor divino e a caridade fraternal.
A solenidade reuniu padres, diáconos, amigos e familiares do homenageado. Além de Carlão e Dom Manoel Delson, fizeram parte da mesa os padres Luís Júnior, da Cúria, e Sandro Santos, da Igreja da Consolação; o secretário municipal de articulação política, Hildevânio Macêdo, e o secretário executivo de transferência pública Ubiratan Pereira, Bira; bem como o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB). “O senhor já foi acolhido, primeiro, pelo coração e agora de maneira oficial”, destacou padre Luiz. Hidelvânio ressaltou que o religioso é acolhido por essa cidade, quando se torna oficialmente cidadão de João Pessoa. O padre Sandro destacou que uma das principais características do arcebispo Dom Delson é de querer ajudar as pessoas.