21/04/2020 - 15:46

Mais de 25 mil pessoas são imunizadas na segunda fase de vacinação contra Influenza em JP



A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa já vacinou 25,6 mil pessoas durante a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, batendo mais um recorde e atingindo 64% do público-alvo (estimado em 39,6 mil pessoas) desta fase, que iniciou na última quinta-feira (16).

Ao todo, mais de 100 mil pessoas já foram imunizadas na Capital, o que corresponde a aproximadamente 40% das 246 mil que compõem o público-alvo da campanha. A mobilização teve início no dia 23 de março, imunizando idosos e trabalhadores de saúde, em sua primeira fase.

Nesta segunda etapa, devem ser imunizados os profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuário, pessoas com doenças crônicas, pessoas privadas de liberdade, profissionais do sistema prisional e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas.

Por conta da grande procura pela vacina, a campanha será interrompida a partir desta terça-feira (21), feriado nacional de Tiradentes, e na quarta-feira (22) a SMS vai avaliar novas estratégias para a retomada da segunda etapa da campanha de vacinação.

“Em anos anteriores, havia uma demora em atingirmos a meta, muitas vezes com extensão do prazo da campanha, mas este ano a procura tem sido muito maior e estamos constantemente avaliando a melhor forma de disponibilizar a vacina para a população de João Pessoa”, explicou Fernando Virgolino, chefe de Imunização da SMS.

Só nesta segunda-feira (20), foram aplicadas 10,2 mil doses da vacina, sendo 7 mil em 68 ginásios municipais; 2,9 mil nos três pontos de ‘drive thru’ (Manaíra Shopping, Mangabeira Shopping e Parque da Bica) e mais de 300 no ponto extra instalado na Gauchinha, exclusivo para caminhoneiros.

Documentos – Para se vacinar, os caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, devem apresentar o contra-cheque da empresa em que trabalham, ou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D ou E. Os profissionais da segurança e salvamento também devem comprovar o vínculo para serem imunizados. Para os funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, há uma estratégia de vacinação nos locais de referência para estes públicos.


No caso das pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, para ter direito à vacina, elas devem apresentar prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, ou outro documento que comprove a doença crônica que o usuário possui.

Idosos e trabalhadores da saúde – Além de atender ao público-alvo da segunda etapa, esta fase da campanha também dará oportunidade aos idosos e trabalhadores da saúde que ainda não se imunizaram. Os trabalhadores de saúde podem se vacinar, também, no Centro Municipal de Imunização (antigo Lactário da Torre).

Os idosos acamados ou com dificuldades de locomoção estão sendo vacinados em suas residências, mediante agendamento prévio em sua unidade de saúde da família (USF) de referência ou através do número 3214.7149.

Outros grupos – Ainda deverão ser imunizados em outras etapas da campanha: crianças de seis meses até menores de seis anos, gestantes, puérperas, indígenas, professores e adultos de 55 a 59 anos de idade. As datas para a vacinação destes grupos serão divulgadas em breve.

Secom JP