27/03/2019 - 12:49

Ludgério coloca deputados federais da PB na berlinda, sugerindo que eles assumam posição, sobre Reforma da Previdência



O deputado estadual Manoel Ludgério (foto), do PSD, foi à tribuna da Assembleia Legislativa, na Sessão desta quarta-feira (27), para sugerir que a Mesa Diretora da Casa Epitácio Pessoa convide a bancada paraibana de deputados federais e senadores, sem exceção, a fim de que eles venham participar de Audiência Pública, em plenário e em data que contemple as conveniências deles (segunda e/ou sexta-feira), assumindo posição, firme, quanto ao projeto de Reforma da Previdência, já em tramitação na Câmara.
O parlamentar, grosso modo, critica a forma como o governo Jair Bolsonaro (PSL) construiu esse projeto, argumentando que as classes trabalhadoras do país – tantos do setor público quanto do privado -, através das respectivas representações sindicais, não foram instadas a debaterem a questão, em momentos e fóruns adequados.
Para ele, é necessário que a classe política credite, ao grande empresariado e ao próprio governo federal, o propalado rombo que se abriu nas contas da Previdência Social do país, e não aos trabalhadores da construção civil e nem ao operariado, em geral, nem tampouco à massa de servidores públicos. Afora esse problema, Manoel Ludgério também critica a Reforma em discussão quanto ao fator idade, dizendo que, caso seja aprovada, sem alterações, o benefício das aposentadorias terá de ser debitado, post mortem, nas campas dos cemitérios.