07/11/2018 - 17:36

Lucas solicita permanência de VLT na Paraíba para evitar prejuízo aos usuários



O vereador Lucas de Brito (PV) apresentou um Requerimento, nesta quarta-feira (07), solicitando a reconsideração da decisão que determinou o envio da composição de uma linha de Veículos Leves Sobre Trilhos (VLT) de João Pessoa (PB) para a realização de uma operação experimental em Brasília (DF). A decisão vai afetar diretamente a prestação dos serviços aos cidadãos da Região Metropolitana da capital paraibana.
De acordo com a autorização do Conselho de Administração, órgão superior da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), haverá a cessão temporária de duas composições de VLTs para a realização de uma operação experimental entre Valparaíso de Goiás (GO) e Brasília, sendo uma oriunda de João Pessoa e outra de Natal (RN). “É um absurdo prejudicar um serviço oferecido aos paraibanos que já necessita de melhorias. Os consumidores não podem ser punidos desta maneira”, ressaltou Lucas.
O transtorno à oferta de serviços aos usuários, sobretudo quando da conclusão das obras de construção de três novos desvios ferroviários, foi um problema alertado pelo superintendente Regional de João Pessoa, Paulo Barreto, em documento encaminhado ao Diretor-Presidente da Companhia. “Ele explica que haverá aumento na oferta de viagens e, consequentemente, maior demanda de passageiros, o que vai prejudicar o atendimento”, prossegue o parlamentar.
Em matérias publicadas em jornais e blogs do Estado, Paulo Barreto explica que a circulação normal dos VLTs no âmbito da Região Metropolitana de João Pessoa utiliza 03 dos 05 veículos disponíveis, sendo 02 em operação simultânea e 01 em manutenção programada, o que permite a reserva de mais 01 VLT, já que o outro se encontra em fase de revisão, prevista contratualmente. Diante das constatações, Lucas de Brito endossou o pedido para que não haja qualquer retirada de VLT da Paraíba.