15/10/2019 - 13:28

‘Luau das Tribos’ acontece nos dias 18 e 19 de outubro em João Pessoa



Forró, pagode, pop e música eletrônica vão ocupar as areias da praia de Tambaú, em João Pessoa, nos dias 18 e 19 de outubro. É o ‘Luau das Tribos’, que além de shows, também oferece espetáculos teatrais, esportes, espaço kids, espaço da misericórdia, brechó, tenda eletrônica, e mais. Tudo isso gratuitamente para um público esperado de 50 mil pessoas na estrutura que vai ser montada no Busto de Tamandaré.  Na sexta-feira (18), a animação fica por conta da banda ‘Missionário Shalom’, ‘Forró da Benção’ e do pernambucano ‘DJ Angelus’. No sábado (19), o ‘DJ’ volta ao palco principal após o show sertanejo da banda ‘Ecoar’ e da ‘LouvoGod’. A programação também segue com missas, adoração, aconselhamento, confissão e brechó.  Neste ano o ‘Luau Social’, além da arrecadação de alimentos, em parceria com o Hemocentro da Paraíba, prepara um espaço reservado para a doação de sangue durante os shows. O ‘Luau das Tribos’ é realizado pela Comunidade Católica Shalom em João Pessoa desde 2004, onde começou com uma estrutura bem mais modesta que a atual. Com palco pequeno, rodeado de tochas e bambus, atraiu 500 pessoas, que precisavam adquirir uma camisa para ter acesso ao espaço. Como crescimento do público, o evento se tornou gratuito. Desde 2011 o ‘Luau das Tribos’ está inserido no calendário oficial de eventos turísticos e religiosos da cidade de João Pessoa por meio da Lei Municipal nº 12.143/2011. A Comunidade Católica Shalom  A Comunidade Católica Shalom é uma Associação Privada Internacional de Fiéis, com personalidade jurídica, reconhecida pela Santa Sé com o decreto do dia 22 de fevereiro de 2007, junto ao então Pontifício Conselho para os Leigos, em Roma. Presente em 30 países, a Comunidade Católica Shalom é formada por homens e mulheres que engajam-se em uma vida comunitária e missionária. Nestes 30 países, são 98 missões e 68 obras de difusão. Somente membros da Comunidade são quase dez mil. Membros de grupos de oração são mais de dez mil só em Fortaleza, no Ceará. O número de vocacionados ultrapassou os 4 mil em 2018. São 23 sacerdotes e 83 seminaristas nas diversas fases de formação.

Assessoria