27/02/2019 - 13:39

Lígia discute parcerias em programas de combate às drogas, assistência social e segurança alimentar



A vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, se reuniu, nessa terça-feira (26), em Brasília, com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, para discutir parcerias nos programas de Cuidados e Prevenção às Drogas, Construção de Cisternas e Segurança Alimentar. Participaram da audiência, a secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Gilvaneide Nunes, a secretária nacional de Assistência Social, Rita Passos, e o deputado federal Damião Feliciano. "A audiência foi produtiva e o ministro Osmar Terra se comprometeu em celebrar e ampliar as parcerias dos programas com o Governo da Paraíba. Um deles é o Antidrogas e tem como foco ações relacionadas à prevenção, cuidados, tratamento e reinserção social de pessoas com dependência química, principalmente os jovens. Esse programa vai ser levado para a Paraíba para garantir proteção, assistência e inclusão social dos nossos jovens, que é um compromisso do governador João Azevêdo", ressaltou Lígia. A secretária Gilvaneide Nunes destacou o programa de construção de cisternas com mais de 17 mil equipamentos para estoque de água potável, produção da agricultura familiar e uso nas escolas da Paraíba. "Estamos aqui para somar esforços e dizer que a Paraíba tem projeto e precisa da colaboração do ministério para que a gente possa intensificar ações e programas com o objetivo de desenvolver cada vez mais o nosso estado", afirmou Gilvaneide. Na reunião, foram discutidas políticas públicas voltadas para a assistência social como o fortalecimento dos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e Centro de Referência de Assistência Social (Cras), programas como o Água Para Todos e do PAA Leite da Paraíba. Este é de grande alcance social e que tem a responsabilidade de distribuir leite para as famílias de baixa renda. Na Paraíba, são mais de 80 municípios contemplados, beneficiando aproximadamente 30 mil famílias. Estão envolvidos no processo de produção e distribuição cerca de três mil produtores. Secom PB