07/12/2020 - 16:54

João Azevêdo anuncia entrega de obras e autorizações de ordens de serviço e de licitação que somam mais de R$ 13,7 milhões



O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (7), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, a conclusão de obras e autorizações de ordens de serviço e de licitação que somam mais de R$ 13,7 milhões em investimentos na Paraíba.

Dentre as obras concluídas estão o ginásio coberto na Escola Dr. Trajano Pires da Nóbrega, em Condado; a manutenção das guaritas da unidade prisional Sílvio Porto, em João Pessoa; a construção de ginásio coberto com vestiário no terreno remanescente na Escola Estadual Dr. Antônio F. Medeiros, em Malta; a pavimentação da Avenida Tânia Maria Rocha Cavalcante, em Serra Redonda; e a adequação do matadouro público de Solânea.

O gestor também autorizou ordens de serviço para a travessia urbana de Conceição; construção de laboratório e manutenção da Escola Estadual Áudio Comunicação Demóstenes Cunha Lima e pavimentação das ruas João Alberto Couto Maia, Rua Arnaldo Correia de Siqueira e Rua Luiza Gaudêncio de Queiroz, no bairro do Ligeiro, em Campina Grande; construção de laboratório e manutenção da Escola Estadual Severino Félix de Brito, em Itapororoca; construção de laboratórios nas escolas Alice Carneiro, Cônego Nicodemos Neves, Professor Luiz Gonzaga de Albuquerque Burity e José do Patrocínio e conclusão da reforma e adequação para implantação da Escola Técnica de Artes, em João Pessoa; e a manutenção e ampliação da Escola Estadual Graciliano Fontini Lordão, em Pedra Lavrada.

Já as ordens de licitação contemplam as obras de construção do laboratório na Escola Cidadã Integral Técnica João Roberto Borges de Souza, em João Pessoa; construção de subestação na Escola João Silveira Guimarães, em São Bento; e a reforma do mercado público de São José de Piranhas.

“Nós estamos injetando recursos na economia e assegurando a geração de emprego e renda com todos os cuidados que precisamos ter em função da pandemia do coronavírus”, comentou o governador João Azevêdo.

Secom-PB