17/02/2020 - 21:05

Governador considera absurda CPI da imprensa proposta por deputado



O governador João Azevedo considerou um absurdo a proposta do deputado estadual Walber Virgolino (Patríotas) de criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suposto pagamento de propina por parte  do governo estadual a profissionais de imprensa na Paraíba.
Para o chefe do governo estadual, o parlamentar,, com essa atividade, faz uma ofensa velada aos trabalhadores da imprensa paraibana ao afirmar que os profissionais não tem autonomia para desempenhar as suas funções e que escrevem para atender aos interesses  do governo e da secretaria de Comunicação Institucional.
O governador disse que é inconsequente afirmar que a imprensa paraibana é comprada e que recebe propina .