11/03/2019 - 11:57

Exoneração de diretor do Presídio Regional de Patos surpreendeu agentes penitenciários da Paraíba



A exoneração, sutil, do diretor da Penitenciária Regional de Patos, Isaque Júnior Ferreira Leite, publicada em 28 de fevereiro deste ano, causou surpresa agentes penitenciários da referida Unidade prisional, bem como ao próprio sindicato representativo da categoria, o SINDASP-PB.
     Ele vinha respondendo pela direção do estabelecimento, há mais de dois anos, e, como atesta o sindicato da categoria, a Gestão por ele empreendida foi responsável pela solução de problemas até então considerados como graves. Como exemplo, o presidente do SINDASP-PB, Manuel Leite de Araújo enfatiza que, no período, houve uma verdadeira varredura de objetos tidos como ilícitos,nas dependências do presídio.
    O dirigente sindical diz considerar que o processo de exoneração, na estrutura da SEAP (Secretaria de Estado da Administração Penitenciária), é normal, desde que se dê ciência do ato a quem estiver investido no respectivo cargo. Com isso, está-se respeitando, com reconhecimento e senso de justiça, a quem dessa forma contribuiu com o bom-funcionamento do órgão.