22/08/2019 - 20:20

Deputada diz que proibir alguém de frequentar uma praia fere limites da civilidade



A deputada estadual Cida Ramos(PSB) disse, nesta quinta-feira(22), que tentar impedir quem quer que seja de frequentar uma praia é ferir qualquer limite de civilidade. A parlamentar se referiu a um grupo de moradoras da Praia do Cabo Branco, em João Pessoa, que procurou a vereadora da capital, Helena Holanda (PP), para entrar com um projeto na Câmara Municipal de João Pessoa com a finalidade de impedir a presença de portadores de deficiência física na refererida praia.
Cida classificou o episódio como sendo um retrocesso. Na sua avaliação, "não existe cidadão de primeira e nem de segunda categorias. O que existem são seres humanos que querem usufruir o que a natureza oferece."
Para a socialista, este tipo de solicitação é de causar surpresa, preocupação e tristeza porque é inacreditável que em pleno século 21 que tenha alguém com a capacidade de ignorar toda a luta dos deficientes físicos que foram as ruas e mostraram que são pessoas com limites de locomoção, mas que podem levar igual a qualquer outro cidadão.