11/12/2019 - 07:12

Camila Toscano pede vista e adia apreciação da Reforma da Previdência



Após debate caloroso, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB) entrou com um pedido de vista e adiou a apreciação do Projeto de Lei Complementar, que estava sendo debatido na tarde desta terça-feira (10), durante atividade da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa da Paraíba. A tucana defende um amplo debate sobre o tema, pois ele retira direitos como: pagamento da licença-maternidade, auxílio-reclusão, licença para tratamento de saúde e ampliação de 11% para 14% no percentual de contribuição.
Para a parlamentar, o Projeto de Lei, que altera o regime previdenciário no Estado, está sendo abordado de forma cruel, sem querer que se entenda o mal que fará ao servidor estadual. “É tão penosa que estão querendo evitar a discussão nesta Casa”, afirmou a tucana que acrescentou: “O pedido de vista é possível, está no regimento da Assembleia Legislativa e dentro dessas condições eu, enquanto membro, posso sim pedir vista”, se posicionou.
Durante apreciação, Camila ainda ressaltou ainda que é inadmissível uma reforma da previdência passar pela Casa assim, em 48 horas. “É inadmissível não abrir prazo para deputado fazer emenda, não permitir que os deputados façam audiência pública para debater o assunto, não permitir que o servidor tenha conhecimento do que está sendo votado”, elencou criticando a base governista.