20/03/2020 - 12:45

Camila apresenta indicação para governo isentar o ICMS do álcool em gel na Paraíba



A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) propôs um Projeto de Indicação sugerindo que o Governo do Estado da Paraíba isente o ICMS na venda do álcool em gel em estabelecimentos como supermercados, farmácias e lojas de itens médicos-hospitalares de todo estado. A medida reduz o preço da comercialização do produto para os consumidores e seria adotada para este período em que a população luta para combater o coronavírus (Covid-19).


Camila exemplificou que em São Paulo, o governador João Dória (PSDB), adotou medida semelhante, lá o álcool em gel será vendido a preço de custo a partir da próxima segunda-feira (23). “Essa decisão é para facilitar o acesso das pessoas ao produto. A procura pelo álcool em gel aumentou e, tendo em vista, que para quem ainda precisa sair de casa para trabalhar e não pode se manter em quarentena, o álcool em gel se faz indispensável, a ideia é que essa medida seja colocada em prática de forma temporária, até que a situação se normalize”, explica.


O surgimento do coronavírus tem conduzido às pessoas a uma situação de pânico pelo desconhecido e uma corrida para tentar se prevenir da doença. O álcool em gel está em falta em muitos estabelecimentos comercias do Estado. Alguns deles, elevaram o valor do produto, dificultando o acesso da população.


“Acredito que os bons exemplos que tivermos pelo Brasil a fora podem ser reproduzidos aqui na Paraíba como uma forma de contribuir para reduzir a propagação do vírus, que já teve sua primeira vítima confirmada, nesta última quarta-feira, em João Pessoa”, lembra.


O último boletim epidemiológico sobre o coronavírus na Paraíba, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, mostra que até agora foram notificados 96 casos no Estado, sendo 1 confirmado, 16 descartados e 80 aguardam resultado da análise dos exames.


A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) propôs um Projeto de Indicação sugerindo que o Governo do Estado da Paraíba isente o ICMS na venda do álcool em gel em estabelecimentos como supermercados, farmácias e lojas de itens médicos-hospitalares de todo estado. A medida reduz o preço da comercialização do produto para os consumidores e seria adotada para este período em que a população luta para combater o coronavírus (Covid-19).


Camila exemplificou que em São Paulo, o governador João Dória (PSDB), adotou medida semelhante, lá o álcool em gel será vendido a preço de custo a partir da próxima segunda-feira (23). “Essa decisão é para facilitar o acesso das pessoas ao produto. A procura pelo álcool em gel aumentou e, tendo em vista, que para quem ainda precisa sair de casa para trabalhar e não pode se manter em quarentena, o álcool em gel se faz indispensável, a ideia é que essa medida seja colocada em prática de forma temporária, até que a situação se normalize”, explica.


O surgimento do coronavírus tem conduzido às pessoas a uma situação de pânico pelo desconhecido e uma corrida para tentar se prevenir da doença. O álcool em gel está em falta em muitos estabelecimentos comercias do Estado. Alguns deles, elevaram o valor do produto, dificultando o acesso da população.

“Acredito que os bons exemplos que tivermos pelo Brasil a fora podem ser reproduzidos aqui na Paraíba como uma forma de contribuir para reduzir a propagação do vírus, que já teve sua primeira vítima confirmada, nesta última quarta-feira, em João Pessoa”, lembra.


O último boletim epidemiológico sobre o coronavírus na Paraíba, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, mostra que até agora foram notificados 96 casos no Estado, sendo 1 confirmado, 16 descartados e 80 aguardam resultado da análise dos exames.