09/05/2020 - 21:30

Banda Furdunço faz live para ajudar ações de igrejas e músicos de Campina Grande a superarem dificuldades causadas pelo coronavírus



A banda Banda Furdunço realiza, no próximo sábado (16), às 15h, uma live com sucessos dos anos 90 (Retro90) com o objetivo de arrecadar donativos que serão doados a igrejas que desenvolvem ações sociais, por meio dos padres Rodolfo e Hachaid, e ainda ajudar os músicos e artistas de Campina Grande, que estão com suas atividades paralisadas há 60 dias, por conta da pandemia causada pelo coronavírus. O deputado Tovar Correia Lima, que vai participar da live, está convidando a população a participar do gesto solidário, primeiramente se inscrevendo no canal da banda no YouTube pelo link https://www.youtube.com/channel/UCq21j7QlNo32r1zVxeEnPVg.

“É importante a participação de todos nesse momento para que possamos fazer um grande gesto solidário, ajudando muitas pessoas que passam por muita dificuldade nesse momento. Vamos ajudar ainda os músicos, os artistas e colaboradores dessa área cultural tão importante na vida de todos nós. Estarei na banda participando dessa live e espero a presença de todos no próximo sábado. Vamos curtir juntos aquele pagodinho da década de 90. Ao se inscrever lá no canal da banda no YouTube aproveita e ativa as notificações, que a festa vai ser boa”, destacou Tovar.

História - A banda Furdunço nasceu de uma roda de amigos, e entre diversos encontros para confraternizar a amizade surgiu a ideia de criar um grupo de pagode em 1998. De início um grupo pequeno, uma Roda de Samba, com Túlio, Tiago, Danilo, Tovar e Almir, mas que logo em seguida devido ao número de participações em eventos, se viu a necessidade de aumentar o grupo e criar uma banda, sendo o Furdunço um dos precursores do evento de bastante sucesso ‘O Domingo Tem Pagode na Cidade de Campina Grande’ ainda em 1998.

Logo em seguida com o crescimento e divulgação na região, a banda realizou participações em grandes eventos como Micarande, shows no Spazzio (com Ivete Sangalo, klb, Os Travessos e outros), Vila Forró (Raça Negra, Arte Popular e outros), Forrock em João Pessoa (Paralamas do Sucesso, Magníficos e outros), e em várias cidades do interior da Paraíba como Cajazeiras, Patos, Sousa, e em Natal-RN.

A Banda deu um tempo no final do ano 2000, voltou a se reunir em 2005 para um Réveillon na Cidade de Campina Grande e desde então vem se reunindo para realizar participações a exemplo de 2018 nos 20 anos da banda, com ‘Furdunço Retro 90’ no Baile Verde e Branco do Clube Campestre. Furdunço que sempre teve em sua marca a irreverência e como o próprio nome sugere, a “bagunça” vem na mistura de ritmos e estilos musicais trazendo para o bom e velho samba.