19/08/2019 - 13:44

‘Acolhimento emergencial’: UFPB realiza Plantão Psicológico na Lagoa



O projeto “Plantão Psicológico na Lagoa”, desenvolvido pelo Núcleo de Acolhimento e Escuta Psicológica (Naepsi), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em parceria com a ADUFPB e a Assessoria de Extensão do CCHLA/UFPB, vai oferecer escuta para população, nesta terça-feira (20), no Parque Sólon de Lucena (Lagoa), em João Pessoa.
A iniciativa tem o objetivo de oferecer acolhimento emergencial às pessoas, em situação de vulnerabilidade emocional, que não têm acesso ao serviço. Além disso, por configurar-se em Projeto de Extensão, o “Plantão Psicológico na Lagoa” visa expandir os serviços prestados pelo Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFPB para além dos muros da Universidade.
De acordo com a coordenadora e supervisora do projeto, a Profa. Dra. Sandra Souza da Silva, as escutas serão realizadas no período das 10h às 13h em duas terças-feiras, dias 20 e 27 deste mês – que é também o mês do Psicólogo.
“O “Plantão Psicológico na Lagoa” representa uma modalidade de acolhimento psicológico emergencial, aberto à comunidade, com a perspectiva de atenção ao sofrimento humano”, explicou Sandra Souza. 
Projeto – O “Plantão Psicológico na Lagoa” é desenvolvido por alunos de psicologia do Naepsi desde 2011, com supervisão da Profa. Dra. Sandra Souza e outros psicólogos vinculados, em espaços como escolas públicas municipais e estaduais, bem como na sede do Hospital Universitário Lauro Wanderley. Desde 2016, todavia, o Plantão atua na Clínica-Escola de Psicologia da UFPB, todas as quartas-feiras, das 8h às 16h.
No entanto, o atendimento não substitui a psicoterapia e se constitui como espaço privilegiado para acolhimento das angústias e sofrimento psíquico, no campo da saúde mental.
Assessoria