28/02/2020 - 12:51

Suspeitas de coronavírus no Brasil cresceram mais de 1.500%; o que mudou?


Existem algumas justificativas, porém, que ajudam a acalmar o pânico. A primeira está no avanço global da doença e na quantidade de países com suspeitas de coronavírus.  Enquanto, na semana passada, apenas a China estava entre os países considerados suspeitos pelo Brasil, agora a lista engloba 16 lugares. 

Para que um caso seja considerado suspeito no Brasil, é necessário que o paciente apresente pelo menos dois sintomas de Covid-19 - muito parecidos com os de uma gripe comum - e tenham visitado recentemente um dos países incluídos na lista atualizada pelo Ministério da Saúde ou estejam em contato com o paciente confirmado.



Outro fator que pode ter contribuído para o aumento repentino no número de casos foi a chegada de turistas para o carnaval, além da demanda reprimida causada pelos dias em que muitas clínicas seguiram fechadas para o feriado.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Saúde , João Gabbardo, entrevista à BBC News, "é preciso analisar nos próximos dias para ver se foi algo pontual e vai voltar à normalidade ou se vai se manter”.

Os 132 casos suspeitos de coronavírus se encontram em 15 Estados: São Paulo (55), Rio Grande do Sul (24), Rio de Janeiro (9), Santa Catarina (8), Paraná (5), Minas Gerais (5), Ceará (5), Rio Grande do Norte (4), Goiás (3), Pernambuco (3), Mato Grosso do Sul (2), Espírito Santo (1), Paraíba (1), Bahia (1) e Alagoas (1) e no Distrito Federal (5).

IG