02/08/2020 - 10:13

Simaria exalta empoderamento através de fotos sensuais e relação com o corpo



Simaria, da dupla com Simone, revelou sobre a sua preferência por tirar fotos sensuais em entrevista para a revista Glamour. A cantora explicou que mostrar o corpo faz com que ela se sinta poderosa. E como costuma ver o feminismo dentro deste processo.


“Gosto muito de fazer as fotos assim. Eu me sinto cada vez mais empoderada, mais forte. Eu brinco muito assim: ‘enquanto a gente tiver com as coisas boas, a gente tem que mostrar, porque depois que cair, ninguém olha!’. Sim, eu gosto do meu corpo. Meu corpo é muito bom!“, afirmou Simaria.

A sertaneja ainda garantiu que costuma ter boa relação com o seu próprio corpo. “Já tive coisas que eu quis mudar. Depois que a gente é mãe, não tem jeito para o corpo não dar uma caidinha assim. Não cai muito, mas tem uma semi flacidez, uma coisinha assim. A gente fica pensando em mudar. Confesso que, nessa quarentena, pensei: ‘vou aproveitar e ver se faço alguma coisa’. Mas é coisa pra se pensar“, analisou.

Sobre a relação com o feminismo, a coleguinha fez um elogio às mulheres. “Tudo que diz respeito a mulher me interessa. Eu acho tão bonito o quanto a gente é forte. Vejo tantas mulheres aí, a gente aguenta tanta coisa. Não é todo mundo que aguenta, não. Acho que só o dom de gerar o filho e ser mãe e fazer tantas mil coisas ao mesmo tempo, no dia a dia, acho que somos realmente incríveis. Eu amo as mulheres“, declarou.

Casada com Vicente Escrig, com quem tem Giovanna, 7 anos, e Pawel, de 4, Simaria conta que o marido é mais discreto, e por isso, perde a oportunidade de fazer sucesso nas redes sociais. “O Vicente é muito discreto mesmo. Acho que se ele tivesse rede social, ele estaria bombando. Mas ele fala que a felicidade dele está em estar com a gente, com a família e poder ter momentos para gente brincar juntos e estar juntos“.

Já a respeito da relação com sua irmã, Simone, Simaria confessou que elas vivem entre “tapas e beijos”, mas que sempre acabam se entendendo.

“A gente trabalha juntas desde sempre. Se a gente disser para vocês que não rola briga, a gente tá mentindo. Cada uma tem uma cabeça diferente. Uma pensa de um jeito, outra pensa do outro. Uma é mais exigente com as coisas, outra é mais tranquila, com relação as coisas que são realmente sérias e tal. Mas no final tem amor e tudo isso a gente vai conversando, vai se entendendo e vai alinhando“, concluiu.

Terra/RD1