02/10/2020 - 07:44

Saiba quanto a Globo cobra de cada patrocinador do futebol



Emissora aumenta o valor da cota para 2021 apesar da crise da pandemia e de reduzir a visibilidade das marcas.

A Globo pretende definir nas próximas semanas os seis patrocinadores principais de suas transmissões de futebol em 2021. Os atuais são Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú e Vivo. Essas marcas terão prioridade na negociação.

De acordo com o portal Propmark, especializado em marketing e mercado publicitário, a emissora oferece cada cota de patrocínio por R$ 311 milhões, valor 1,3% superior ao praticado em 2020, que foi de R$ 307 milhões.

Apesar de mais cara, a cota dará direito a uma visibilidade menor durante as transmissões. Serão 63 jogos e 1.617 inserções da marca, enquanto o acordo deste ano previu 85 partidas e 2.395 ações no ar.

A Globo sempre oferece descontos em cima do valor de tabela. A negociação do patrocínio para 2021 deverá considerar a crise global suscitada pela pandemia de covid-19 e a perspectiva de baixo crescimento da economia brasileira no ano que vem.

Apesar de não ter mais o direito de transmissão da Libertadores, a emissora carioca continua a conseguir desempenho satisfatório no Ibope às quartas-feiras, tradicional dia de futebol no horário nobre da TV.

Em São Paulo, principal área de aferição de audiência do País, os jogos do Brasileirão têm deixado a Globo à frente do SBT, que agora exibe a principal competição de futebol entre clubes profissionais da América do Sul.

Sala de TV