28/02/2020 - 11:00

Malu Mader afirma que as igrejas evangélicas estão prejudicando a cultura



atriz Malu Mader, declarou que as igrejas evangélicas estão prejudicando a cultura. De acordo com a famosa, “só tem cinema fechando e igreja abrindo”.
A crítica de Malu foi feita após a decisão da Petrobras de retirá o patrocínio ao Cinearte, que era um dos maiores apoio do cinema nacional.
Malu Mader culpou os evangélicos ao comentar o fechamento do tradicional cinema paulistano, uma medida política de contenção de despesas do governo
No entanto, as declarações da atriz desencadearam uma série de críticas nas redes sociais. Vários internautas se manifestaram contra a fala tendenciosa de Malu, culpando o governo e a comunidade evangélica pelo fechamento do cinema paulistano.
Nesse carnaval, os desfiles do Rio de Janeiro foram marcados por militância política e ataques ao presidente da República, Jair Bolsonaro.
De acordo com a Folha, vários artistas se manifestaram contra a política cultural do governo, apesar de uma parcela da classe já ter se posicionado contra Bolsonaro durante as eleições.
Da mesma forma, o meio artístico critica o avanço do evangelho, e vê como prejudicial a abertura de novas igrejas.

De O Fuxico Gospel