20/11/2020 - 18:16

Goleiro do Campinense trata duelo com Afogados-PE como “jogo da vida”



O Campinense encerrou a preparação em solo paraibano para enfrentar o Afogados-PE, no sábado (21). Buscando uma vaga na próxima fase da Série D, apenas a vitória interessa ao time rubro-negro. Em caso de tropeço, a equipe pode deixar o G4 faltando uma rodada para o fim da primeira fase. O elenco ainda faz uma atividade hoje (20) no interior pernambucano.

Para o arqueiro Waldson, esse será o “jogo da vida” da Raposa. Ele sabe que um triunfo pode encaminhar a classificação para o mata-mata, por isso pede concentração e empenho aos seus companheiros na partida.

– Sabemos que é um jogo muito importante, que depende de nós contra o Afogados fazer um bom jogo, sair com a vitória, dependendo de outros resultados, até sair classificados. É encarar como uma final, como o jogo da nossa vida – disse.

O goleiro, que voltou a ser titular na rodada passada após falhas de Wellington Lima contra o Floresta-CE, falou sobre a semana de trabalho com o novo treinador, Luciano Silva. De acordo com Waldson, a parte tática tem sido prioridade nos últimos dias, e o técnico chega a ser repetitivo para fazer com que os jogadores assimilem suas instruções, o que o camisa 1 avalia como positivo.

– Ele conversa muito com a gente, as vezes até individualmente, passando o que ele quer para a gente praticar durante o jogo. Ele é muito inteligente, está tentando corrigir o que estávamos pecando e aprimorar nossas qualidades. Tenho certeza que sábado vamos imprimir tudo que ele falou durante a semana – afirmou.

Amanhã (21), o Campinense enfrenta o Afogados-PE, no estádio Vianão, às 19h, pela décima terceira rodada do Grupo A3 da Série D do Campeonato Brasileiro. A Raposa está na quarta colocação da chave, com 14 pontos, assim como o Globo-RN, primeiro time fora do G4.

Para a partida, o atacante Fábio Júnior, com uma luxação no ombro, e o zagueiro Weverson, também lesionado, ficam de fora.


Voz da Torcida