26/04/2019 - 10:39

Gervásio afirma que Guedes mente sofre Reforma: “É um banqueiro e quer a jóia da capitalização”



O deputado federal Gervásio Maia (PSB) é um crítico ferrenho da Reforma da Previdência nos moldes que foi proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista ao Jornal da Manhã da Rádio Jovem Pan João Pessoa, ele disse que os parlamentares que foram a favor do texto na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal “votaram sem saber o que estavam votando”. “O governo se negou a apresentar à Comissão o impacto da Reforma, o detalhamento dessa proposta. Então, nós votamos contra, apresentando voto em separado com 19 inconstitucionalidades”.
Ainda mais contudente, Gervásio afirmou que Paulo Guedes foi à Câmara Federal “contar mentiras”. Entre as inverdades, ele citou o que chamou de “terrorismo” feito pelo ministro ao dizer que os Estados quebrariam sem a Reforma: “Ele é um ministro banqueiro que tem interesse na capitalização, que é a privatização da nossa previdência. É isso que Paulo Guedes quer, é a jóia da coroa. Eu duvido que Paulo Guedes tire a capitalização do texto da Reforma. Não tira nunca! Esse governo está governando para os ricos! Mas, um governante tem que governar para todos e para isso temos que deixar de ser um paraíso para os milionários”, declarou.
O PSB de Gervásio Maia se posicionou formalmente ontem contra a Reforma da Previdência. “O pano de fundo dessa questão é o déficit das contas públicas e o presidente quer arrumar esse dinheiro economizando na seguridade. Isso é uma temeridade porque mais de 80% da economia que Bolsonaro quer fazer vem de quem menos ganha da Previdência. Em 1995, FHC acabou com a tributação sobre os lucros e dividendos das grandes empresas. Em todo o mundo são apenas dois países, um europeu e o Brasil, que não tributam esses valores. Então, a solução seria taxar as grandes empresas e ainda as grandes fortunas”.
O Jornal da Manhã vai ao ar de segunda a sexta-feira das 7h às 8h na Jovem Pan João Pessoa (102,5 Mhz) e é apresentado por Cláudia Carvalho e Wallison Bezerra.