22/09/2020 - 09:12

Filho de Roberto Carlos desabafa sobre novo câncer e fala sobre fé



Enfrentando o câncer pela terceira vez, Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, está se apoiado na fé e na ciência para vencer mais essa batalha. Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o produtor, que já acendeu suas velas pedindo por proteção e saúde, também já começou com as sessões de quimioterapia.

 Em conversa com a colunista, Dudu esclareceu: “Eu nem posso falar que o terceiro (câncer) porque é o mesmo. O meu câncer primário é um câncer de pâncreas, ele deu uma reaparecida há uns seis meses, mas uma radioterapia resolveu porque era bem pequeno, estava no início. Apareceu agora de novo, que provavelmente são pontos que estão ligados ao câncer de pâncreas”.

“Os médicos mesmo falaram, mas eles não deram certeza e também não quiseram esperar para ver ser era o mesmo. O câncer de pâncreas é agressivo e não tem como esperar crescer, não tem como esperar se a pessoa tem no histórico um prontuário desse. Então, eu não sei se é o terceiro. Mas, vamos pra cima”, completou.

Católico, Dudu falou sobre sua fé neste momento: “Me apego a Deus e não questiono. Claro, não posso negar para você que receber uma notícia dessa não é legal. Baqueia mesmo e por mais que você tenha fé, você fica assustado. Você pensa muito. Eu não tenho mais medo de morrer, mas eu tenho uma filha que vai fazer cinco anos agora e aí você pensa. Eu penso mais na minha filha, na minha esposa e no meu pai”.

“É muito doido. Mas, sabe que a fé te ajuda curar mais rápido? Eu estou muito positivo. Faço as minhas orações e ascendo as minhas velinhas para Nossa Senhora e Santa Luzia. Eu sou muito espiritualizado, mas sou um cara também com os pés no chão. Claro que seria bom não ter o câncer, mas ter descoberto no início foi bom. Essa doença é assim quanto antes você achar, melhor e maior são as chances de cura. A primeira vez pegou também bem no comecinho como agora”, disse o filho de Roberto Carlos.

Por falar no Rei, Braga contou como o cantor reagiu quando soube da notícia: “Ele ficou muito assustado, ficou arrasado. Pai é pai e ele é muito guerreiro e paizão agora está para cima. Ele falou ‘vamos embora… estamos aqui para levantar a cabeça’. Ele ficou arrasado, mas está comigo e é tipo matar no peito e ir embora”.

RD1