14/03/2020 - 11:17

Brasil e Rio perdem com morte de Bebianno, diz Doria; veja repercussão



A morte do advogado e ex-presidente do PSL Gustavo Bebianno, na madrugada deste sábado 14, de infarto, provocou manifestações de solidariedade de autoridades e partidos políticos. O presidente Jair Bolsonaro, que demitiu Bebianno nos primeiros meses de governo, e os filhos Flávio, Carlos e Eduardo, todos políticos, ainda não se pronunciaram.


Pelas redes sociais, o governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse que a morte do advogado “surpreende a todos”. Aos 56 anos, Bebianno morreu após passar mal em sua casa de campo em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O advogado havia se filiado ao PSDB e era pré-candidato à prefeitura do Rio.


“Com profundo pesar recebi a notícia da morte de Gustavo Bebianno. Seu falecimento surpreende a todos. O Rio perde, o Brasil perde. Bebianno tinha grande entusiasmo pela vida e em trabalhar por um País melhor. Meus sentimentos aos familiares e amigos nesse momento de dor”, disse Doria.


Fiel ao perfil polêmico, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-RJ) foi às redes sociais lamentar a morte do aliado. Ele lembrou que Bebianno deixou o governo rompido com a família Bolsonaro, mas também como guardião de segredos da campanha que levou Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto. “Bebianno se foi e com ele muitas verdades. O desgosto da vida matou Bebianno. Para uns e outros hoje vai ter festa no Palácio. Para amigos e família, a saudade, e para o Brasil uma voz importante que se calou. Triste”, afirmou.


O controverso ministro da Educação de Bolsonaro, Abraham Weintraub, foi ponderado ao se manifestar sobre a morte. “Nesse momento, deixo no passado divergências. Manifesto meus sentimentos à família e desejo que ele esteja em paz, em um lugar melhor”, declarou, também nas redes sociais.


O ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, lamentou a morte. “Nos últimos meses vínhamos conversando muito sobre o Rio e aquilo que nos unia: o grande amor a essa cidade. Especialmente a sua família e seus companheiros de PSDB, manifesto o meu mais profundo pesar”, disse. O PSDB também emitiu nota de pesares.


MSN