22/09/2018 - 09:31

Bolsonaro tem alta da unidade de terapia semi-intensiva e será transferido para quarto



O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse, recebeu alta do tratamento semi-intensivo na manhã deste sábado (22). Ele será transferido para um quarto e continua com a dieta oral. Ele está internado há duas semanas em São Paulo após ser atacado por uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). Os médicos também começaram a reduzir o fluxo de alimentação parenteral (nutrientes na veia). Bolsonaro está aceitando bem os alimentos por via oral. Em postagem em uma rede social na manhã deste sábado, Bolsonaro afirmou que conhecer o país apenas em períodos eleitorais é oportunismo político. "Há tempos temos percorrido o Brasil, de Norte a Sul, conhecendo as peculiaridades de cada região. Não nos importamos com nosso país apenas em períodos eleitorais com o oportunismo político habitual. Sempre construímos a confiança no olho a olho! Juntos vamos resgatar nossa nação!"       Há tempos temos percorrido o Brasil, de Norte a Sul, conhecendo as peculiaridades de cada região. Não nos importamos com nosso país apenas em períodos eleitorais com o oportunismo político habitual. Sempre construímos a confiança no olho a olho! Juntos vamos resgatar nossa nação!     No hospital   O candidato foi submetido nesta quinta-feira (20) a uma drenagem após exame de tomografia indicar a presença de líquido ao lado do intestino, segundo informou o boletim médico do Hospital Israelita Albert Einstein. Em sua conta no Twitter, o candidato postou um vídeo caminhando após passar pelo procedimento. De acordo com o centro médico, devido à elevação da temperatura (37,7 °C), foi realizada uma tomografia computadorizada de tórax e abdômen "que evidenciou pequena coleção de líquido ao lado do intestino". O político passou por uma "drenagem guiada por imagem, sem intercorrências. Está com dreno no local e evolui sem dor". No vídeo postado no Twitter, o candidato caminha sozinho, mas acompanhado de uma mulher ao seu lado. Ela empurra um carrinho de hospital do tipo que comporta soro e medicamento. Uma voz masculina, de quem filma o vídeo, afirma: "dia 20 do nove, cinco e 33 da tarde, após uma pequena drenagem. Já está caminhando novamente... Tá forte, hein, cara". Bolsonaro sinaliza que sim com o polegar e comenta: "Me aguarde, hein. Primeiro turno, hein, pessoal". Junto do vídeo, o candidato postou a mensagem: "Tentaram nos tirar da disputa na covardia, mas o esforço de cada um, mesmo no momento mais crítico, só nos ergue ainda mais". "Estamos mostrando que é possível vencer sem vender a alma, sem mentiras, e isso ninguém vai apagar! Vamos em frente! Chega de facções comandando o Brasil!", completa o post.   Ataque em Juiz de Fora   O candidato está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde 7 de setembro, um dia após sofrer uma facada no abdômen durante ato de campanha e passar por cirurgia em Juiz de Fora (MG). Na semana passada, ele precisou passar por nova cirurgia para desobstruir o intestino. No domingo (16), circulou nas redes sociais um vídeo em que Bolsonaro aparece caminhando pelo hospital com auxílio de fisioterapeuta. No mesmo dia, ele falou pela primeira vez ao vivo por meio do Facebook.

G1