07/08/2020 - 12:18

Após seis anos, Patrícia Poeta revela detalhes da saída do Jornal Nacional



Patrícia Poeta falou abertamente sobre a sua saída da bancada do Jornal Nacional após 6 anos. No ar pelo É De Casa há cinco anos, a apresentadora e ex-parceira de William Bonner na bancada afirmou que o convite para o matinal “foi um belo início no entretenimento”.


“Era a saída de uma bancada do Jornal Nacional, do hard news, diretamente para o campo do entretimento – com formato e linguagem diferentes. Era um novo desafio na minha carreira e, ao mesmo tempo, um desejo antigo – desde o meu período de correspondente em NY, confesso”, contou em entrevista à revista Quem.

A jornalista lembrou que o É De Casa se tornou o programa com mais tempo no ar atualmente, e destacou as mudanças que vieram à tona durante a pandemia. “Assim como todos durante a pandemia, tivemos que nos adaptar: acordar bem mais cedo e trabalhar mais. Não paramos em momento algum, porque queríamos levar todas as informações importantes, neste período, ao telespectador e, ao mesmo tempo, mesclar com um pouco de leveza. Ela era e continua sendo necessária para enfrentar os desafios do dia a dia”, opinou.

Ao lado de Ana Furtado, André Marques e Cissa Guimarães, Patrícia Poeta ressaltou o trabalho feito com novos formatos em uma readequação ao novo tempo. “Todos nós tivemos que nos reinventar: formatos, profissionais… E tudo isso sem ensaio. Foi na base do ‘acredita e vai!’ [risos] Ou do ‘tem que dar certo’. As duas estão valendo!”, brincou.


“Mas o resultado tem sido positivo e motivo de orgulho para toda a equipe, que tem vencido todas as limitações para produzir, gravar, editar e colocar no ar um programa de cinco horas de duração, ao vivo, e com sucesso. Tudo isso se resume numa só palavra, mas de grande importância: resiliência”, ressaltou.

Patrícia Poeta deixou o Jornal Nacional em 2014, e foi uma solicitação feita por ela pouco antes da Copa do Mundo daquele ano. Na época, a Globo pediu para que ela pensasse mais sobre o assunto. Após as entrevistas com os presidenciáveis, a âncora deixou a bancada do principal telejornal do país para a chegada de Renata Vasconcellos.

RD1