26/04/2019 - 10:28

ALPB vai ao Sertão dialogar com os paraibanos durante audiências do ODE em Sousa e Cajazeiras



Incentivar a participação da população nas atividades do Poder Legislativo, para saber o que os paraibanos acham do trabalho da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e quais as sugestões de leis que têm para contribuir com a Casa de Epitácio Pessoa. Este é o trabalho que a ALPB vem desenvolvendo nas quatro audiências do Orçamento Democrático Estadual (ODE), realizadas até então, e dará continuidade nesta sexta-feira (26) e sábado (27), nas plenárias que serão promovidas nas cidades de Sousa e Cajazeiras.
No stand que o Poder Legislativo paraibano monta no local da audiência, servidores da Casa apresentam aos presentes um pouco do funcionamento da ALPB e a importância da relação harmoniosa entre os poderes Executivo, Judiciário e Legislativo. Além disso, uma interação é feita para levar ao conhecimento da população como é possível pesquisar sobre as matérias legislativas, assim como são exibidas alguns das produções da TV Assembleia que apresentam, de forma lúdica, um pouco da história e do trabalho da Casa de Epitácio Pessoa. No local, os paraibanos também podem sugerir proposta de projetos de Lei. Nas quatro plenárias já realizadas, mais de 70 sugestões foram encaminhadas pela população para serem apreciadas no parlamento.
Para o presidente da ALPB, Adriano Galdino, é dever do Poder Legislativo estar junto com a população para ouvir as demandas e o Orçamento Democrático é uma importante ferramenta para ter contato com o povo paraibano. "No ODE, o povo tem a oportunidade de dialogar. A população faz críticas, elogios, dá sugestões e torna o contato muito proveitoso. A Assembleia está aqui ouvindo e aprendendo com o povo, para que possamos cada vez mais construir uma Paraíba melhor e mais justa para todos", declarou o presidente.
Já o governador João Azevêdo, que comanda as audiências do ODE, destaca que os Poderes Executivo e Legislativo precisam e devem caminhar de mãos dadas, buscando melhorar a vida da população. "A parceria que há entre o Executivo e o Legislativo é importante para o estado. No momento em que a Assembleia se dispõe a ouvir a população, reconhece a eficiência e o grande trabalho que é o Orçamento Democrático", afirmou o governador.