Joo Pessoa, 20 de Abril 2018

Colunista

Damião Gomes

Nenhum dado informado

Todos artigos [+]



Lista de Janot causa suspense em Brasília

A semana se inicia na capital da República com a temperatura política em elevada ebulição, com a expectativa da divulgação da lista de políticos e autoridades que teriam envolvimento no esquema de desvios de dinheiro na Petrobras, a cargo da Procuradoria Geral da República. Segundo se especula, o doutor Rodrigo Janot, estaria finalizando o seu relatório para encaminhá-lo ao Supremo Tribunal Federal com pedido de abertura de inquérito contra vários parlamentares e outras autoridades que gozam de prerrogativas de foro.
 
Os principais partidos com assento nas duas casas do Congresso Nacional, envolvendo situação e oposição, estariam no aguardo da divulgação da citada lista para traçar as estratégias visando, no caso da oposição, uma linha de combate mais sistemático às medidas de ajuste já encaminhadas pelo Planalto, que tem repercussão direta na vida da população, notadamente da camada menos favorecida. De igual modo, as forças governistas também aguardam o pronunciamento do chefe do Ministério Público Federal, para se articularem com vistas à defesa dessas medidas no âmbito do Parlamento.
 
Em meio a tudo isso, foi criada na semana passada uma Comissão Parlamentar de Inquérito, na Câmara dos Deputados, com a finalidade de apurar super faturamento em contratos e pagamento de propina a funcionários e partidos políticos nas várias diretorias da Petrobras. Espera-se da comissão recém-criada um relatório que aponte culpados e sugira, através da legislação, medidas de combate a corrupção, capazes de devolver a credibilidade à empresa que, outrora, fora orgulho do povo brasileiro.
 
É fato que a composição da CPI, ora instalada, não é merecedora da confiança plena da sociedade, haja vista o grau de comprometimento de parcela expressiva do colegiado, que teria se beneficiado do financiamento de suas campanhas por boa parte das empresas que serão objeto de investigação, ainda que por via indireta, através dos partidos políticos, como sugerem. Seria de muito bom alvitre que aqueles parlamentares que tiveram despesas de campanha bancadas com dinheiro do propinoduto se declarassem impedidos de participarem do processo de apuração. Do contrário, será mais uma CPI que terminará sem as respostas que a população espera e exige.

Comentários